Super-heróis – 10 games de para Mega Drive e SNES

Compartilhe esse conteúdo
  • 0
  • 0
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Selecionamos 10 games para consoles 16 bits de franquias de super-heróis dos quadrinhos 

SUPER-HERÓIS

Marcelo Jabulas | @mjabulas – Games de super-heróis sempre estiveram no radar dos desenvolvedores de jogos. Homem-Aranha, Batman, Super-Homem e seus pares fazem pontas de jogos desde os anos 1980. Claro que muitas vezes os games abusam da imagem desses personagens para vender verdadeiras porcarias. 

Mas fique sabendo que há bons títulos publicados. Assim, fizemos uma lista com 10 games de heróis publicados para Super Nintendo e Mega Drive, pois oferecem boa interface gráfica, melhor qualidade de áudio e jogabilidade mais refinada que os games da geração 8 bits.

10º Captain America and The Avengers

SUPER-HERÓIS

Muito antes da saga “Vingadores” tomar conta dos cinemas, a indústria apostou suas fichas nos velhos vingadores dos quadrinhos. Em 1991 a Data publicou “Captain America and The Avengers”, no embalo dos Beat ’em Up impulsionados por “Final Fight”. O game caiu no gosto do público e não demorou para surgir os ports para consoles.

No entanto, ao contrário do game para fliperamas, as edições para consoles estavam muito aquém tanto em visual, como em jogabilidade. Até mesmo no estreante Super Nintendo. A história do game coloca Capitão América, Homem de Ferro, Visão e Gavião Arqueiro contra o Caveira Vermelha. Não é um game ruim, mas está longe de ser o melhor.

9º Justice League Task Force 

SUPER-HERÓIS

Publicado para Mega Drive e Super Nintendo pela Sunsoft, esse game coloca os heróis da Liga da Justiça num game de luta. O jogador pode optar por Super-Homem, Batman, Mulher Maravilha, Flash, Arqueiro Verde e Aquaman.

Com modo versus, batalha e história (que tem como pano de fundo a invasão de Darkseid), trata-se de um ancestral de “Injustice”. A Edição para SNES oferece melhor qualidade de áudio e uma paleta de cores menos colorida. No entanto, a dificuldade elevada é um ponto em comum entre os dois títulos.

8º X-Man 2 Clone Wars

SUPER-HERÓIS

A primeira vista, todo mundo tem certeza de que há um problema com o game. Isso porque “X-Man 2 Clone Wars” inicia como um jogo de Atari. É ligar o Mega Drive e o game começa, sem introdução. Na verdade, trata-se de uma pré-abertura. Isso mesmo. Depois de atravessar o estágio introdutório, o game se apresenta. 

O problema é que essa primeira fase é extremamente difícil. “X-Men 2” é um clássico game de plataforma, cheio de caminhos tortuosos e caras chatos pelo caminho. O jogador inicia com Wolverine, mas pode trocar caso morra. Uma dia é atravessar o estágio com Cyclops, pois ele consegue concentrar seu raio e abater os inimigos a distância.

7º Spider-Man vs the Kingpin

SUPER-HERÓIS

Certamente muita gente vai dizer que há games muito mais legais estrelados por Peter Parker, na geração 16 Bits. Verdade. Mas fato é que adoro esse game. Foi o primeiro jogo do Aranha no Mega Drive. Nesse game, Parker tem 24 horas para desarmar uma bomba armada por Kingpin, que colocou a culpa no Aranha. 

O herói precisa enfrentar inimigos clássicos como Homem de Areia, Doutor Lagarto, Rei do Crime, além de aturar as aporrinhações de Venom. O game tem nuances interessantes como possibilidade de voltar para o apartamento de Peter para descansar, assim como tirar fotos dos vilões, que garantem uma grana extra para comprar fluido de teia.

6º Wolverine Adamantium Rage

SUPER-HERÓIS

O game de Logan chegou ao mercado em 1994, com produção assinada pela Acclaim. Nesse game de plataforma, Wolverine inicia uma jornada sobre seu passado. O game teve edições para Super NES e Mega Drive. 

A lógica de jogabilidade é a mesma, mas com cenários distintos para cada console. A edição para SNES ainda contava com mais comandos, devido aos três botões extras. É um game legal, com foco nas travessias do cenário e não propriamente no combate corporal. 

5º The Death and Return of Superman

Super-Man

Na primeira metade dos anos 1990, todos os estúdios defendiam com unhas e dentes as franquias de super-heróis. A Sunsoft que tinha rolado a bola, em 1989, com “Batman” (NES e Mega Drive) fechou muitos contratos para criar jogos com personagens da DC Comics. Em 1994 lançou o excelente “The Death and Return of Superman”, com versões para SNES e Mega Drive. 

Naquela época, os games de plataforma tinham perdido espaço para os Beat ’em Up e o filho de Jor-El caiu na porrada nesse game. Com ótima jogabilidade e gráficos, o game narra a série que conta a queda do Homem de Aço para o Apocalypse. 

Dica do Jabulas: Recomendo ler a série, é espetacular

4º Spider Man: Maximum Carnage

Spider-Man

Colocar Venom, Homem-Aranha e Carnificina num mesmo pacote nunca poderia dar errado. O game de 1994 foi inspirado na série “Carnificina Total” dos quadrinhos. Com possibilidade de jogar simultaneamente com Venom e Spider, o game mistura Beat ’em Up com elementos de plataforma.

Visualmente o game recorre a traços dos quadrinhos, com direito aos efeitos sonoros das porradas, como nas revistinhas. Com versões para Super Nintendo e Mega Drive é um game prioritário para os fãs do jovem Peter.

3º Batman Returns 

Batman

Desde o longa-metragem de 1989, que Batman se tornou vedete dos estúdios de games. “Batman Returns” estreou em 1992, com edições para Mega Drive e Super Nintendo. A Konami ficou a cargo do game para Nintendo e apostou num estilo mesclado, com pilotagem, tiro e Beat ’em Up.

O game é considerado com um dos melhores títulos estrelados por Bruce Wayne na geração 16 Bits. Com ótimos gráficos e ótima jogabilidade é um game que merece estar numa lista de Top 5, junto com “Arkham Asylum”.

2º The Punisher

Punisher

Frank Castle é um dos melhores personagens da Marvel, ao lado de Logan, Peter Parker e Eddie Brock. O Justiceiro chegou ao Mega Drive em 1993, no vácuo da excelente edição para arcade.

A Capcom despejou toda sua experiência em Beat ’em Ups para fliperama e criou um ótimo jogo, que mistura pandaria com trechos de tiroteio. Visualmente o game é inferior ao título das máquinas de fliperamas, mas nem por isso faz dele um game inferior. Quem curte games antigos não pode deixar de jogar.

1º  X-Men: Mutant Apocalypse 

SUPER-HERÓIS

Se a Capcom deixou os jogadores de SNES chupando dedo por não ter um game do Justiceiro, ela compensou com “X-Men: Mutant Apocalypse”. Esse game de plataforma é um dos melhores jogos de super-heróis já criados. 

Com excelentes gráficos, o game coloca o jogador na pele dos comandados do Professor X, numa aventura na temida Ilha Genosha. O jogo tem dois momentos. No primeiro, o jogador precisa jogar uma fase dedicada a cada um dos cinco X-Men da lista: Wolverine, Psylocke, Fera, Cyclops e Gambit. 

X-Men

Na segunda etapa, o jogador tem a liberdade de escolher os heróis para as fases restantes até enfrentar Magneto. Definitivamente um dos melhores games 16 bits estrelados por super heróis.


Compartilhe esse conteúdo
  • 0
  • 0
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

One thought on “Super-heróis – 10 games de para Mega Drive e SNES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.