Assassin’s Creed Odyssey – lute como Leônidas

Curtiu? Então compartilhe este post!

Marcelo Jabulas | Redação GameCoin – A Ubisoft tem dado uma grata contribuição no ensino de história e geografia com a franquia Assassin’s Creed. Claro que a Ordem dos Assassinos é um grande devaneio, assim como a tecnologia que permite que cientistas revivam aventuras do passado usando resquícios de DNA. Mas são fundamentais para agir como amalgama que dá sentido à série. No entanto, cada episódio coloca o jogador num canto do mundo e momento da história.

Assassin’s Creed Odyssey chegou há poucas semanas e transporta o jogador para o ano 431 A.C, durante a Guerra do Peloponeso. Trata-se de um período logo após a invasão persa à Grécia, que foi resgatada pela série em quadrinhos 300, de Frank Miller, e posteriormente pelo longa-metragem estrelado por Gerard Butler.

No game, o jogador inicia a campanha justamente durante a batalha de Termópilas, quando o rei Leônidas de Esparta e seus 300 soldados enfrentam o exército do deus-rei Xerxes. O jogador inclusive assume o papel do líder espartano. É uma breve introdução sobre o que virá adiante. Mas há uma pegadinha maldosa. Leônidas, como é de se esperar é um guerreiro de alto nível e muito bem armado. Quando o jogo começa pra valer, você assume o papel de um biscateiro mequetrefe.

Mitologia

Quem acompanha a série francesa sabe muito bem que seus protagonistas são dotados de habilidades fantásticas que desafiam leis da física e da anatomia humana. Em Odyssey tais competências extraordinárias são atribuídas ao sobrenatural. Regalos das divindades do Olimpo. Assim, tudo que parecer absurdo ou impossível, na verdade é por vontade de Zeus e seus filhos.

O game dá ao jogador a oportunidade de escolher um entre dois personagens, Kassandra ou Alexios, que basicamente se diferenciam apenas pelo sexo, para que o jogador ou jogadora se identifique com seu personagem, e que contam com as mesmas habilidades.

O protagonista, seja ele ou ela, atua como mercenário na ilha de Cefalônia. O jogador é descendente de Leônidas, tanto que tem a posse da ponta de sua lança. Na trama, o personagem escolhido é o irmão mais velho do outro. O protagonista vai parar na ilha depois sua família sofrer uma emboscada. Ele (ou ela) consegue fugir num pequeno barco e encontrado(a) por Markus. Ele passa a cuidar da criança em troca de serviços. Uma espécie Yondu Udonta grego, mas sem a truculência do padrasto do Senhor das Estrelas.

Exploração

A ilha que dá início a aventura é grande, mas é apenas uma fração do imenso mapa a ser explorado. O game oferece um novo modelo de exploração que torna o jogo mais desafiador e não revela pontos de interesse no mapa. Daí é preciso explorar de forma mais minuciosa.

Outro ponto interessante é que o game retoma as fases de navegação, como nos episódios Black Flag e Rogue. O jogador precisa cruzar o Mediterrâneo em triremes (embarcações militares a remo usadas pelos gregos). Em terra, a forma mais rápida de se deslocar é a cavalo. Ou seja, Assassin’s Creed Odyssey é um game gigantesco e repleto de conteúdos extras, tarefas secundárias que podem levar o tempo de jogo a centenas de horas.

Decisões

O novo episódio eleva os elementos de RPG da franquia. Os diálogos com os personagens contêm informações sobre localizações e dicas úteis. No entanto, o tom dos diálogos podem gerar consequências como acirrar um combate, ou colocar a cabeça do jogador a prêmio. Volta e meia mercenários aparecem para aniquila-lo. E sempre são guerreiros bem mais fortes e evoluídos.

Daí a dica é não encarar o jagunço de primeira. É preciso melhorar as habilidades e avançar até um nível equilibrado. Um detalhe interessante é que o game é totalmente dublado em português. Mas o mais legal é que a voz de Leônidas é a mesma utilizada na dublagem do longa-metragem estrelado por Butler

Mecânica de combate

Quando a Ubisoft publicou o episódio Origins (que se passa no Egito Antigo, perto da época do nascimento de Cristo), os produtores incorporaram elementos de combate de seu game de luta on-line For Honor. Mecanismos de defesa e ataque foram inseridos para tornar os combates mais complexos. Em Odyssey os produtores descomplicaram, mas não simplificaram.

O jogador tem comandos de ataques curtos, ataques mais fortes, desarmes, bloqueios e esquivas. Além disso, os combates estão mais próximo da realidade, com inimigos menos ingênuos, que não deixar ser atacados de forma passiva. Se o jogador for de peito aberto, pode ser seu fim.

Indumentária

Tal como em Origins, o jogador deverá melhorar seus armamentos e vestimentas. Os equipamentos pode ser adquiridos com comerciantes, assim como em saques a cadáveres e pequenos furtos. É preciso lembrar que seu personagem, por mais horando que se torne, é um contraventor. Muitos itens demandam nível de experiência para serem usados. Daí vale a pena guardar os mais valiosos e vender, ou desmontar, os mais simples. Inscrições gravadas nas armas e peças de sua armadura também rendem habilidades.

Gráficos

Visualmente o game segue o padrão de excelência dos demais títulos da franquia. Assassin’s Creed sempre primou pela qualidade gráfica e Odyssey não decepciona. O nível de detalhamento dos cenários, efeitos de água, luz, sombras e fumaças impressionam. Na mesma medida, a qualidade das animações e o capricho nos personagens.

A qualidade da produção fica muito evidente quando o jogador sobrevoa a região com a água Ikaros (nome em alusão ao filho de Dédalo que tentou fugir da ilha de Creta com suas asas postiças, mas se afogou no Mar Egeu). É possível ver a vastidão do cenário, repleto de construções e ruínas. Alías, o pássaro é fundamental para localizar alvos, inimigos, missões e demais personagens.

Veredito

Sem mais o que falar, o que se pode dizer é que Assassin’s Creed Odyssey é um excelente Action RPG. Tão bom como o aclamado Red Dead Redemption 2, mas com a riqueza mitologia grega. Imperdível.

Mini ficha GameCoin:
Assassin’s Creed Odyssey

Estilo: Action RPG
Estúdio: Ubsoft Quebec
Distribuidora: Ubisoft
Suporte Online: Sim
Idioma: Áudio, legendas e menus em Português (demanda download da dublagem)
Disponível: PS3, PS4, PC, X360, XONE e WII U
Preço Médio: R$ 30

E quanto vale o show?

Enredo: 5
Gráficos: 5
Jogabilidade: 5
Desafio: 5
Custo/Benefício: 4
TOTAL: 24 gamecoins

Tabela GameCoin de classificação

00 a 03 gamecoins: Péssimo
04 a 07 gamecoins: Muito ruim
08 a 11 gamecoins: Ruim
12 a 15 gamecoins: Regular
16 a 19 gamecoins: Bom
20 a 23 gamecoins: Muito bom
24 a 25 gamecoins: Ótimo

Leia Também

Curtiu? Então compartilhe este post!