10 jogos de corrida inesquecíveis

Curtiu? Então compartilhe este post!

GAMECOIN - DAYTONA USA A

Marcelo Jabulas | Redação GameCoin – Todo mundo adora elaborar listas. Quem quiser bombar no Facebook tem que divulgar uma lista. O Obama gosta de fazer listas. A BBC faz listas intermináveis. E aqui no Gamecoin também resolvemos a criar nossas litas. E para abrir os trabalhos escolhemos 10 jogos de corridas que marcaram época nos anos 1980 e 1990, tanto nos consoles como nos computadores e máquinas de fliperama. Confira:

Enduro (Atari 2600/1983)

GAMECOIN - ENDURO

Impossível deixar Enduro fora de qualquer lista de jogos de corrida. O game era praticamente uma extensão natural do Atari 2600. No Brasil, o título acompanhava o console e vinha estampado na caixa. O game coloca o jogador numa corrida interminável em que é preciso ultrapassar 200 automóveis num espaço de tempo dividido por dia, noite, neve e a neblina do amanhecer. Clássico!

Out Run (Arcade/1986)

GAMECOIN - OUT RUN

Out Run foi um dos games mais legais dos fliperamas da década de 1980. O jogador assumia o papel de um piloto à bordo de uma Ferrari Testarossa conversível e com uma loira no banco do carona. Nessa corrida tropical, o objetivo era avançar o máximo possível, numa corrida que permitia optar por algumas variantes. Publicado pela Sega, o game ganhou edições para Master System e Mega Drive.

Indianapolis 500: The Simulation (PC/1989)

GAMECOIN - INDY 500

Esqueça os jogos de criancinhas, Indy 500 foi um dos primeiros simuladores para PC com gráficos coloridos e uma dinâmica de pilotagem muito parecida com a realidade. O objetivo do jogador era vencer a tradicional prova da Fórmula Indy no mítico Indianapolis Speedway. Dificílimo, só o fato de concluir as 200 voltas da prova já era um feito digno de comemoração com litros de leite. Jogue se tiver colhões!

Super Monaco GP (Mega Drive/1990)

GAMECOIN - SUPER MONACO

Apesar de ter sido publicado para fliperamas, um ano antes, o game atingiu a glória no console 16 bits da Sega. A versão para Mega Drive permitia ao jogador correr, não apenas o Grand Prix de San Marino, mas também disputar a temporada de Fórmula 1. O jogo fez tanto sucesso que a Sega contratou ninguém menos que Ayrton Senna para assinar a continuação do título.

Top Gear (SNES/1992)

GAMECOIN - TOP GEAR

Apontado como um clone da série Lotus, para computadores, Top Gear é considerado como um dos melhores jogos de corridas da geração 16 bits. Até hoje o game arranca suspiros por sua jogabilidade frenética, gráficos belíssimos e uma trilha sonora fascinante. Com diversas fases e quatro bólidos, o game é Kemco é uma obra prima.

Super Mario Kart (SNES/1992)

GAMECOIN - MARIO KART

Enquanto todo mundo pensava em jogos bonitos para consoles 16 bits ou simuladores realistas para computadores, a Nintendo colocou Mario e os principais personagens de seu universo numa corrida caricata e deliciosamente empolgante. Talvez a própria Big N não tivesse ideia do sucesso que o game, de proposta tão desprenteciosa, teria a ponto de ter se tornado uma franquia tão grande como as demais aventuras do bigodudo.

Rock n’ Roll Racing (SNES/1993)

GAMECOIN - ROCK 'N ROLL RACING

Uma das produções mais insanas da Silicon & Synapse, esse game mistura seres espaciais, carros modificados e uma trilha sonora fascinante embalados num jogo de corrida infernal. Destaque para a playlist que conta com “Highway Star” (Deep Purple), “Paranoid” (Black Sabbath), “Peter Gunn Theme” (Henry Mancini); “Bad to the Bone” (George Thorogood) e “Born to be Wild” (Steppenwolf). É muita pauleira!

Daytona USA (Arcade/1994)

GAMECOIN - DAYTONA USA

Se existiu um rival para Street Fighter II nos fliperamas, com certeza foi Daytona USA. O game da Sega colocava o jogador num carro da NASCAR e ele podia escolher entre transmissão automática ou manual e três tipos de pista. Rápido e cheio de manhas, o objetivo era chegar em primeiro lugar. Atualmente, o game está disponível para download na PSN para PlayStation 3 e custa algo em torno de R$ 15.

Cruis’n USA (Arcade/1994)

GAMECON - CRUIS'N USA

O desenho de cruzar a América de carro está estampado em vários games, mas Cruis’n USA eleva essa experiência ao colocar o jogador numa corrida pelos principais cenários dos Estados Unidos, a bordo de quatro bólidos insanos, como uma Ferrari Testarossa, um Corvet Sting Ray 1963, um Hot Rod e um conceito futurista. O game era tão bom que virou febre, quando foi publicado em 1996 para Nintendo 64.

Road & Track Presents: The Need for Speed (3DO/1994)

GAMECOIN - THE NEED FOR SPEED

O game que deu origem à popular série da Electronic Arts foi combustível de alta octanagem na geração de consoles pós Mega Drive e Super Nintendo. Com uma generosa lista de esportivos em que figuravam Porsche 911 Carrera (993), Dodge Viper RT10, Ferrari 512TR, Lamborghini Diablo, Acura NSX e Mazda RX7, o game coloca o jogador em duelos em três cenários urbanos, com direito a perseguições policiais e diversas visões de câmeras.

Leia Também

Curtiu? Então compartilhe este post!