De volta para o passado à bordo do PS4

GAMECOIN FULL THROTTLE

Marcelo Iglesias

A Sony e os principais selos já perceberam que não é possível criar uma poderosa biblioteca para o PlayStation 4 apenas com games novos, moderníssimos e milionários. As produções contemporâneas demandam muito tempo de desenvolvimento, com orçamento estratosférico, contratação de atores, captação de movimentos, dentre outros quesitos que arrastam o processo como se fosse um longa-metragem. Diante disso, o negócio é fazer volume com reedições de games antigos. Reedições em HD de medalhões como Uncharted, Resident Evil, Devil May Cry e God of War III são bons exemplos dos games que irão engordar lista do PS4.

E durante a PlayStation Experience, evento exclusivo da Sony ocorrido em San Francisco, teve de tudo, mas o que chamou a atenção foi a quantidade de reedições anunciadas. Uma das promessas que arrancou aplausos dos presentes foi a edição em alta definição de Full Throttle, clássico da LucasArts publicado para PC em meados da década de 1990. O game será a terceira produção a ganhar reedição para PS4, já quem Grim Fandango e Day of the Tentacle (obra prima) também deverão chegar em breve à rede PSN.

Para quem não viveu o intenso ano de 1995, Full Throttle é um adventure (game de jogabilidade aponte e clique) distópico. Num futuro próximo, no melhor estilo Mad Max, o jogador assume o papel de um motoqueiro, chefe de uma gangue, que é acusado de assassinar um magnata. Naquela época, o game já impressionava por seus gráficos cartunescos, pelos diálogos ácidos e por sua campanha hipnotizante.

GAMECOIN FINAL FANTASY VII

Outra produção, que não era surpresa, mas teve grande repercussão foi o vídeo com cenas do gameplay da nova edição de Final Fantasy VII, episódio épico da série da Square Enix. Ao contrário de ser uma adaptação com filtros gráficos, o novo FFVII é um game totalmente novo, inclusive com alterações no enredo original. Pelo que foi mostrado, é possível perceber que o RPG ficou mais dinâmico, sem combates em turnos, como é comum na franquia. Graficamente, o vídeo impressiona. Final Fantasy VII promete ser um game bonito, com uma estética hiper-realista mesclada com traços dos animes japoneses.

PS2

Um dos temas polêmicos e que a Sony trata com dedos é a atualização que tornará possível rodar jogos do veterano PlayStation 2 no PS4. No entanto, a novidade tem suas limitações. Segundo informações que a empresa deixou vazar, o patch instalará uma espécie de emulador de PS2 no PS4. Dessa forma, só irá rodar jogos em formato digital, que seriam distribuídos como ROMs autorizadas. Ou seja, quem tem DVDs do PS2 empoeirando não poderá rodar os games no leitor do PlayStation 4.

GAMECOIN PS2

E qual a razão de se instalar um emulador e não um software capaz de reconhecer os discos? Ora, discos antigos não geram dividendos, mas downloads das velharias do PS2 renderam bons trocados à Sony. Basta recordar que ela sempre vendeu games do PSOne e PS2 para o PlayStation 3 e sabe como é bom arrecadar trocados com os veteranos.