Review – Wolfenstein: The Old Blood

GAMECOIN OLD BLOOD

Marcelo Iglesias

A série Wolfenstein pode ser considerada como a mãe dos jogos de tiro em primeira pessoa (FPS). Apesar de não ter sido o primeiro game do gênero, foi Wolfenstein 3D quem popularizou o gênero no PC. E depois do sucesso de Wolfenstein: The New Order, a Bethesda lançou em maio o episódio The Old Blood, aproveitando o sucesso de último título da série. Com versões para PC, PlayStation 4 e Xbox One, o game é uma espécie de expansão do game anterior, mas não exige que se tenha The New Order Instalado.

A trama coloca o jogador na pele do incansável soldado B.J. Blazkowicz, que se engalfinha novamente com os nazistas. No entanto, a história se passa antes dos acontecimentos de The New Order, mas precisamente no ano de 1946. Com combates frenéticos, um monte de armas, inclusive a possibilidade de empunhar duas metralhadoras ao mesmo tempo, o game mantém o bom e velho banho de sangue da franquia. Destaque para as armas brancas, com um pedaço de cano que pode ser utilizado para macetar o oponente.

GAMECOIN OLD BLOOD2

A jogabilidade segue o mesmo padrão de The New Order, com caminhos pré-estabelecidos e exploração bastante resumida. A graça do jogo fica por conta do tiroteio incessante e uma horda de nazistas anabolizados pipocando por todos os lados. Os gráficos são de boa qualidade, com efeitos de luz, fumaça e sombras bem elaboradas, assim como os cenários. A duração da campanha é curta, mas para quem não jogou o antecessor é uma boa opção para conhecer a nova era da série sem gastar muito.

Wolfenstein: The Old Blood é vendido exclusivamente em formato digital (via download) e tem preço de R$ 20,99 na versão para PS4, na PlayStation Store.

[bws_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.