Bethesda nega Fallout 4 na E3

GAMECOIN - FALLOUT 4

Redação Gamecoin

A Bethesda não irá anunciar Fallout 4 na E3. Essa foi a declaração do relações públicas da empresa, Pete Hines. De acordo com o executivo, a empresa não deverá revelar um novo game tão cedo. E faz todo sentido. Nessa semana a Bethesda acabou de publicar o novíssimo “Wolfenstein: The New Order” e já tem no forno “Doom 4”, que inclusive tem seu beta disponível para quem reservou o “Wolf” durante a pré-venda. A celeuma sobre a divulgação de um novo título da franquia cresceu após especulações que, na ordem natural da empresa, um novo Fallout seria publicado após “The Elder Scrolls: Skyrim”, além da versão “On-Line”.

GAMECOIN - FALLOUT 4a

E não é de se espantar que o anúncio oficial demore mais alguns anos. Não é novidade para ninguém que tanto as franquias “Fallout” e “The Elder Scrolls” utilizam motor gráfico para uso em computadores, tanto que seus ports para consoles sempre pecaram pelo excesso de bugs. E com a chegada de PlayStation 4 e Xbox One a Bethesda não vai querer correr o risco de se queimar com um título “bugado” nesses aparelhos. Ou seja, ainda vai demorar!

Sobre Fallout

Fallout é um game ambientado em um mundo pós-apocalipse. A série surgiu na década de 1990, distribuído pela Interplay, com formato isométrico e combates por turnos. “Fallout 3” chegou em 2008, utilizando boa parte da base de “The Elder Scrolls: Oblivion”, mas com significativas melhorias técnicas e gráficas. Com a possibilidade de visão em primeira e terceira pessoa, o título ainda permitia combates em turnos ou em tempo real. O game era ambientado nas proximidades da Costa Leste dos Estados Unidos, e o jogador faz parte de uma comunidade de sobreviventes que viviam em abrigos subterrâneos isolados da radioatividade do mundo exterior.

GAMECOIN - FALLOUT 4b

Em 2010, a Bethesda publicou “Fallout: New Vegas”, que levou a aventura para a Costa Oeste, nas proximidades da Califórnia. Um dos destaques desse game era a ferramenta de criação do personagem, construído a partir de uma espécie de teste psicotécnico do próprio jogador, que precisa identificar imagens e dizer o que siginficam para ele. Vale a pena conferir as versões de ambos para PC, pois tanto no Xbox 360 quanto no PS3 são uma porcaria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.