Especial Star Wars – Banque o Luke em X-Wing

GAMECOINSWLOGO

Redação GameCoin

Episódio 4 – A década de 1990 foi uma era de ouro para os simuladores de voo, com games memoráveis que reproduziam o comportamento dinâmico de aeronaves com grande fidelidade. Nessa terreno fértil, a Lucas Arts desenvolveu, em 1993 o clássico Star Wars: X-Wing, game que coloca o jogador na pele de um piloto da Aliança Rebelde. Afinal, por que não imaginar como seria um combate de naves espaciais?

GAMECOIN XWING 01

Para fãs de simuladores e jogos antigos, Star Wars: X-Wing é um deleite. As cenas de bastidores são desenhadas em pixel art, assim como a cabine das naves. Já os elementos que flutuam no espaço são feitos de elementos poligonais. Vistos hoje, são extremamente rudimentares, mas a imersão à trama é tão boa, que o jogador se esquece dos detalhes técnicos.

Na trama, o jogador assume o papel de um cadete, que vai galgando patentes de acordo com seus êxitos. Com cerca de 11 missões, o jogador precisa cumprir tarefas como escoltas, espionagem, dentre outras missões, que vão além dos dificílimos combates contra os Tie Fighters (aquela nave redondinha do Império).

GAMECOIN XWING 02

A jogabilidade é complexa, com comandos em praticamente em todo o teclado, que exigem treinamento do piloto, assim como coordenar a mão direita do mouse e aprender a se posicionar no ambiente espacial. Star Wars: X-Wing abriu caminho para diversos outros simuladores da Lucas Arts, mas aí é outra conversa.

Encontrar o game no mercado não é complicado. Sites de vendas como o Gog oferecem o título ao preço de US$ 10 (R$ 42). Para quem curte é obrigatório!

[bws_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.