Site icon GAMECOIN

PES 2022: testamos a versão pré-alpha

Compartilhe esse conteúdo

Marcelo Jabulas | @mjabulas – A cada volta da Terra em torno do Sol temos a garantia de um novo Big Brother, Coelhinho da Páscoa, Papai Noel, “Fifa” e “PES”. É mais fácil cancelar o reality show e datas religiosas que faltar uma nova edição dos jogos de futebol. Nesta semana, a Konami disponibilizou de surpresa “New Football Game Online Performance Test”.

Como o nome já sugere, trata-se de um teste para avaliar o comportamento, não do game, mas dos servidores para a próxima edição do game das quatro linhas que será revelado em 21 de julho. Ou seja, só dá para jogar em rede. Quem quiser experimentar a demo pode fazer download para PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series. O conteúdo estará disponível até 8 de julho.

Antes de mais nada, vale ressaltar que o conteúdo é o rascunho do rascunho de “Football PES 2022”, que passa a utilizar o motor gráfico Unreal. Essa engine é utilizada em milhares de games, como “Doom”, “Spinter Cell” e se consagrou ao longo dos anos. Agora servirá como base de desenvolvimento para o game.

Mas não espere, nesse momento, refinamento. O game ainda está feio. E a oferta de clubes se resume a Barcelona, Juventus, Manchester United e Bayern de Munique. Mas o lado positivo é que não é preciso ser assinante da PSN ou Xbox Live para bater uma bolinha.

Gameplay

Mais uma vez, jogar “PES” é bem mais fácil que jogar “Fifa”. O game é mais amigável, com aquele toque de bola “magnético” que sempre chega aos pés do companheiro em campo. É bem diferente do jogo da EA Sports, em que é preciso ser milimétrico num passe a dois metros.

Com a bola no pé, o controle é mais simples, não é preciso ser um gênio para dar uma finta, drible, assim como outros fundamentos do esporte bretão. Claro que para dar um chapéu ou ensaiar um drible da vaca é preciso ter intimidade com o joystick. Ou seja, jogar “PES” é sempre gostosinho.

Online

Se o objetivo da Konami era testar os servidores e a fluidez do game, podemos dizer que ela alcançou nota oito. O jogo ainda não está pronto, então podemos desconsiderar falhas de animação, mas durante o gameplay o jogo rodou liso, sem atrasos nos comandos. Claro que uma conexão de fibra ótica facilita as coisas.

Visual do novo PES

O ponto crucial dessa demo está no visual, que deixou muito a desejar. Mas nesse quesito temos que ser justos. Testamos a demo no PS4, que deixou de ser o console do momento para figurar como veterano diante do PS5 e do Xbox Series.

Mesmo assim, a qualidade é muito ruim e podemos dizer que já vimos edições de “PES” no PS2 mais caprichadas, quando o assunto é a caracterização dos atletas. Nem mesmo Lionel Messi, o eterno garoto-propaganda da franquia, ficou bem acabado. Mas pior mesmo é o visual do gajo Cristiano Ronaldo. CR7 aparece desfigurado na demo.

O argumento é que se trata de uma edição pré-Alfa. Ou seja, é apenas um esboço. E podemos ver isso na sonoplastia falha, na locução que desaparece em boa parte da partida, assim como nas animações em que os jogadores deslizam em campo, como num efeito especial do Chapolin Colorado.

Por outro lado, precisamos novamente nos lembrar que se trata de um teste de servidor e de mecânicas do game. Apesar de estar tosco e com poucas opções de equipes, ainda assim é legal dar ao público a oportunidade de participar de cada estágio do processo de desenvolvimento.

Afinal, um futebolzinho na faixa sempre é bem-vindo, pois como já dizia a máxima: “Não existe gol feio, feio é não fazer gol!”

 

 


Compartilhe esse conteúdo
Sair da versão mobile