Pipoca & Joystick – Terminator Salvation

GAMECOIN TERMINATOR SALVATION 3

Marcelo Jabulas – Não é de hoje que os games desenvolvidos com base em produções cinematográficas são vítimas da falta de tempo para atender aos prazos de lançamento dos longas-metragens. Com isso, muitos títulos que chegam ao mercado para ajudar a alavancar bilheterias, como ferramentas publicitárias são vítimas da superficialidade e excesso de bugs. Nesse contexto, Terminator Salvation, lançado em 2009, junto com o quarto filme da série, era mais um candidato a esse fracasso e se safou por pouco.

Apesar de contar com gráficos competentes e cutscenes de boa qualidade, o game apresenta deficiências que a primeira vista desanimam os jogadores, como limitação de exploração do cenário, que segue o estilo “curralzinho”,no qual não se pode optar por caminhos alternativos, sendo obrigado a seguir uma trilha invisível. Os movimentos limitados também deixam a desejar e a impossibilidade de dar saltos chega a ser irritante. Isso, sem contar com as poucas opções de armas e inimigos a ser enfrentados. Em tempos de games de ação 3D e FPS com mapas abertos, um jogo tão limitado não tem muitas chances de vingar.

Copo meio cheio

Como o jogo conseguiu se tornar atraente, mesmo com tantas restrições? A resposta é pela velocidade dos combates, no qual é preciso flanquear e alternar armas para conseguir destruir as máquinas, com munição limitada. O uso do armamento correto é essencial para avançar em velocidade. Para cada tipo de inimigo há uma arma correta. As vespas (pequenos robôs voadores), por exemplo, são facilmente destruídas com tiros de escopeta, enquanto um T-600 é abatido mais fácil se atirar granadas em seu peito.

GAMECOIN TERMINATOR SALVATION

Terminator Salvation é um game que não exige muitos esforços para se finalizar. A receita de combates é simples. É preciso tomar pequenos cuidados para evitar ser atingido e aproveitar o posicionamento dos inimigos para poder encontrar a melhor posição para o combate. A regra para vencer é simples; basta ficar escondido atrás das barricadas, pressionar o botão de defesa e estar atento para não ser atingido pelos inimigos.

Para se movimentar de uma barreira a outra, pressione o direcional que aparecerá uma seta indicando o próximo ponto. O segredo está em descobrir o ponto fraco de cada tipo de inimigo, que é indicado por um contorno vermelho sempre que o jogador fecha a mira. Alguns robôs, como o spider, só sofrem danos se forem atingidos pela parte de trás. Então, a dica é se posicionar do lado oposto de seus companheiros.Tudo é muito didático e não exige intuição do jogador.

GAMECOIN TERMINATOR SALVATION 2

Além disso, a boa aplicação da trilha sonora, que apesar de ser quase única, consegue dar imersão ao universo de Terminator e deixa-lo desafiante. Outro ponto criticado do título foi seu tamanho. Realmente, a campanha não dura muito tempo. Em mais ou menos seis horas no modo mais difícil, é possível chegar aos créditos finais.

E por falar em dificuldade, ela é bastante oscilante, com momentos totalmente idiotas e outros completamente irritantes de tão complicados. Terminator Salvation não é um ótimo game, mas também não é uma produção medíocre e enfadonha. Trata-se de um jogo de ação, no melhor estilo Arcade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.