Super Mario Maker e os 30 anos do bigodudo

Marcelo Iglesias

No último domingo, Mario e Luigi comemoraram 30 anos de carreira no universo dos games. Foi em 13 de setembro de 1985 que Nintendo publicou Super Mario Bros, game responsável por transformar o NES (Famicon, no Japão) no console mais popular de sua geração e até hoje um sinônimo de videogame. Nessas três décadas, Mario estrelou diversos títulos, todos exclusivos para os aparelhos da Big N. Para marcar a data, a Nintendo acaba de lançar Super Mario Maker, título publicado para Wii U, em que o jogador pode construir sua própria aventura, utilizando elementos de games como Super Mario Bros, Super Mario Bros 3, Super Mario World, e New Super Mario Bros.

O game é apontado com a tábua de salvação para o console, e também para a própria Nintendo. As vendas do Wii U, abaixo do esperado, trouxeram prejuízos para a companhia. Super Mario Maker promete fazer uso do principal recurso do Wii U, que é seu joystick com tela de LCD que funciona como um tablet. O jogador poderá desenhar as fases na telinha e depois jogar na TV. A escolha dos quatro títulos não foi aleatória. Tanto o game original, assim como Mario 3, Mario World e New Super Mario Bros são apontados como as melhores produções da série e colocá-los num mesmo pacote é um forte argumento de vendas.

Para quem é fã da série, poder construir as aventuras de Mario pode ser uma experiência incrível. Pena que os brasileiros não poderão soprar as velas. A Nintendo encerrou sua representação no país e quem conseguir comprar o game e o console será via importação independente, sem nenhum suporte da empresa.

[bws_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.