Review – Injustice 2 é um gibi com vida própria

Marcelo “Jabulas” Iglesias | Redação GameCoin – Desde que a DC Comics decidiu criar a Liga da Justiça, nos anos 1960, em que os sete fantásticos (Batman, Superman, Aquaman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde, Flash e Caçador de Marte) passaram a conviver num mesmo gibi, era mais que certo que um dia os egos inflados Cavaleiro das Trevas e o garoto de Kripton iriam entrar em conflito. E isto seria um prato cheio para a DC. Injustice 2 bebe na mesma fonte do primeiro episódio e constrói um game de luta que mais parece um filme de animação e as batalhas são apenas um complemento da trama.

Apesar de a história do primeiro título da série Injustice: Gods Among Us ser mais densa, em que Superman mata o Coringa na frente de Batman, após o palhaço ter detonado um artefato nuclear em Metrópolis, vitimando Lois Lane (grávida), gerando uma cisão na Liga, o novo game não fica para trás.

A trama dá sequência ao conflito entre os dois super-heróis e se desdobra em acontecimentos que encaixam heróis e vilões diante do jogador. Agora surgem novos personagens como Brainiac e Super Girl que expandem a história. O vilão da Nave Caveira detonou com Kripton e a loirinha super poderosa acabou despencando na Terra.

Visual de Injustice 2

Com ótimos gráficos, o título surpreende pelo refinamento visual. O nível de detalhamento dos cenários e dos personagens são impecáveis. As sombras projetadas nas paredes seguem com perfeição o ângulo de onde a luz surge, criando uma visão muito realista. O primeiro game já era muito bonito e fugia da proposta cartunesca do concorrente Marvel vs Capcom, mas a produção assinada novamente pela NetherRealm Studios, o mesmo de Mortal Kombat, segue ainda mais refinada.

Na mão

A jogabilidade segue o modelo padrão dos jogos de luta, com direito a especiais de cada personagem, com movimentação em 2D. Como se trata do mesmo estúdio de Mortal Kombat, a gente fica tentado a aplicar alguns movimentos de golpes da trupe de Sub-Zero e Scorpion.

No entanto, o posicionamento dos comandos é bem mais simples, com três botões para golpes forte, meio e fraco, um gatilho para interação com objetos do cenário e especiais utilizando dois gatilhos simultaneamente. Essa dinâmica de comandos pode parecer um pouco estranha para quem é acostumado com Street Fighter, King of Fighters ou o próprio Mortal Kombat, mas é bem mais prático e, de certo modo, deixa o jogo um pouco mais competitivo.

Acessórios

Injustice 2 oferece um recurso interessante para prender a atenção do jogador e estimula-lo a lutar nos mais variados modos do game. Trata-se uma seção de recompensas que são obtidas com os pontos ganhos em cada duelo. Esses pontos permitem desbloquear acessórios das vestimentas dos personagens, com braceletes, botas, capas numa espécie de Dafit para heróis. Esses itens, assim como em games de RPG oferecem melhorias para os heróis e vilões, rendendo recursos de ataque e defesa, dentre outros.

Personagens

O jogador tem um leque com 28 personagens jogáveis, que vão muito além dos 13 do primeiro título. Além disso, ainda há outro quatro que podem ser comprados em conteúdos para download (DLC) e há oito opções de trajes especiais para personagens como Supergirl, Flash, Lanterna Verde e Robin.

A lista completa conta com: Adão Negro, Aquaman, Arlequina, Bane, Ciborgue, Coringa, Flash, Lanterna Verde, Mulher-Gato, Mulher Maravilha e Superman, que compunham o primeiro título. Os novos personagens são: Atrocitus, Besouro Azul, Brainiac, Canário Negro, Capitão Frio, Espantalho, Gorilla Grodd, Hera Venenosa, Monstro do Pântano, Mulher-Leopardo, Nuclear, Pistoleiro, Robin, Senhor Destino e Supergirl. Ainda podem ser adquiridos via DLC: Capuz Vermelho, Darkseid, Estelar e Sub-Zero (Esse não pode ficar de fora!).

Modos de jogo

Além do modo História, Injustice 2 conta com modos como: Luta simples contra a máquina, Luta simples entre dois jogadores, Luta on-line e o modo Campanha, em que o jogador forma trios e disputa desafios que são atualizados pelo servidor do jogo.

Dublagem de Injustice 2

Outro ponto forte de Injustice 2 é a qualidade da dublagem da produção. Para a empreitada, a Warner escalou um time de aproximadamente 40 profissionais que já deram vozes a muitos dos heróis e vilões em desenhos animados e também no cinema. O destaque fica por conta de Batman que ganha vida com a voz do mineiro Márcio Seixas, que dublou Bruce Wayne em diversas séries e praticamente todos os filmes de 007 até a era Pierce Brosnan. Nem dá para sentirmos saudades da Pitty!

Mobile

A Warner também disponibilizou uma versão mobile (Android e iOS) que chega como opção mais enxuta que a do console, mas nem por isso inferior. O game para dispositivos móveis é gratuito e exige cerca de 1 GB de armazenamento e oferece bons gráficos e comandos de fácil manejo.

O jogo conta com um modo história que será distribuído de maneira escalonada. Por hora, há apenas um episódio com alguns confrontos. Por outro lado, é possível jogar no modo campana, em que o jogador cria equipes com três personagens. Se ainda não deu para reservar uma cópia para console, vale apenas matar a ansiedade no telefone.

Veredicto

Injustice 2 é um game de luta que se esbalda no gigantesco acervo da DC Comics e consegue dar sentido aos combates numa história tão bem elaborada quanto um gibi, desenho ou filme. Para os fãs da DC é uma aquisição mais que obrigatória. Com versões para Xbox One e PS4, Injustice 2 tem preços que vão de R$ 250 a R$ 380. É muita grana, mas é um belo jogo!

Mini ficha GameCoin:
Injustice 2

Estilo: Luta
Estúdio: NetherRealm
Distribuidora: Warner Bros Interactive
Modo On-line: Sim
Idioma: Áudio, legendas e menus em português
Disponível: PS4,  XONE
Preço: R$ 250 a R$ 380

E quanto vale o show? 4 moedinhas (muito bom)
Enredo:
 5
Gráficos: 5
Jogabilidade: 4
Desafio: 4
Custo/Benefício: 3

Tabela GameCoin de classificação
5 moedinhas:
Excelente
4 moedinhas: Muito bom
3 moedinhas: Bom
2 moedinhas: Ruim
1 moedinha: Péssimo

Gran Turismo Sport não é mais como era antigamente

Marcelo "Jabulas" Iglesias | Redação GameCoin - Publicado em 1997, Gran Turismo foi o game ...

Learn more

Os comentários estão fechados.