The Crew: Saiba porque nem todos simuladores têm Porsche

GAMECOIN - PORSCHE

Marcelo Iglesias | Redação GameCoin

Todo mundo que gosta de carros, gosta de Porsche. Certo? Da mesma maneira, todo mundo que gosta de carros, que gosta de Porsche, gosta de games de corrida. Certo? Pois é, mas acontece que nem todos os jogos de corrida contam com modelos Porsche em suas listas de automóveis. E a razão disso é um acordo entre o fabricante alemão e a Electronic Arts. The Crew (PS4, PC e Xbox One), um dos games aguardados da temporada, que leva chancela da Ubisoft, terá esportivos de Stuttgart em sua coleção de carros. Mas por que, franquias como Forza Motorsport e Gran Turismo não têm?

GAMECOIN - PORSCHE 4

A resposta é simples, como o fabricante e gigante dos games possuem um acordo sobre uso dos carros digitalizados em videogames, toda vez que um distribuidor ou estúdio solicita licença de uso de modelos Porsche, é necessário pagar uma segunda licença para a Electronic Arts. Apesar de a Porsche ter total controle de seus carros, sejam eles reais ou digitais, o fabricante alemão faz uma mea culpa e deixa que a batata quente fique entre a EA e seus concorrentes. A boa notícia é que o contrato se encerra no fim de 2016.




Alguns analistas, desenvolvedores e designers condenam a postura da EA e afirmam que esse bloqueio aos modelos Porsche nada mais é do que uma forma de se proteger contra grandes estúdios do gênero como a Poliphony Digital (Gran Turismo) e Turn 10 (Forza Motorsport) e deixar que as carangas alemãs figurem apenas em franquias como Need For Speed e em títulos de menor expressão.

GAMECOIN - PORSCHE 3

Na época da produção de Forza Motorsport 4, o diretor criativo da Turn 10, Dan Greenawalt, cuspiu marimbondos em uma entrevista para o IGN. “Isso me mata! Quando publicamos Forza 3 conseguimos licenciar 35 modelos Porsche. Agora com Forza 4 nossa expectativa era ter ainda mais carros e a EA não autorizou. Nós temos licença de exclusividade para modelos Ferrari, mas sabíamos que isso não era saudável para negócio de jogos”. Bom a novela entre Turn 10 e EA foi resolvida com um DLC que inseria os 35 carros da edição anterior, mas o desejo de Greenawalt era ampliar a oferta de modelos

Namoro antigo

A relação entre a Electronic Arts e a Porsche é antiga. Apesar de muitos jogos de PC do início da década de 1990 contarem com modelos Porsche, como Stunts, foi The Need For Speed, lançado em 1994, com colaboração da revista Road&Track, que deu ao jogador a possibilidade de curtir os predicados de um 911. E pelo visto a experiência foi boa, pois os 911 foram mantidos nos jogos seguintes, sendo que Need For Speed: Porsche Unleashed é o ponto máximo da parceria e também responsável pela assinatura do maldito contrato.

GAMECOIN - PORSCHE 2

O game colocava o jogador dentro do universo Porsche, em que tinha a chance de pilotar praticamente todos os modelos da casa entre 1950 e 2000. Clássicos como 356, Speedster, 550 Spyder, 911 Turbo, 928, 911 GT2, GT3 e até mesmo o brutal GT1 faziam parte da lista. O game era tão completo que até mesmo os pouco quistos 914 e 924 faziam parte da lista. O jogo era fantástico e tinha ótima simulação de física e permita ao jogador se esmerar para baixar os tempos em cada pista, compostas por estradas, áreas industriais, montanha, campo e até neve.

Gran Turismo 5

Bom, nesta novela, que se deu mal mesmo foram os jogadores de Gran Turismo, que precisam quebrar o galho com modelos preparados pela RUF, reeditados desde Gran Turismo 4. E mais recentemente Project Cars, que também precisa apelar para os modelos da preparadora alemã, que são demais, mas não têm o brasão da marca de Stuttugart no capô!  E vida que segue!

Leia Também

Gran Turismo Sport não é mais como era antigamente

Marcelo "Jabulas" Iglesias | Redação GameCoin - Publicado em 1997, Gran Turismo foi o game ...

Learn more