Game oficial dos Jogos Olímpicos de 2016 é incerto

GAMECOIN - OLIMPIADA

Marcelo Iglesias

Desde os jogos de Barcelona, em 1992, o Comitê Olímpico Internacional (COI) licencia o evento para desenvolvedores de games publicarem o título oficial dos jogos. E, desde 2008, a Sega tem se encarregado de publicar edições dos Jogos Olímpicos de Verão (esse é o nome correto dos jogos), assim como os Jogos Olímpicos de Inverno. No entanto, a edição virtual de 2016 ainda não saiu do papel, apenas a caricata “Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games”, anunciada no primeiro semestre deste ano e publicado em agosto.

O joguinho coloca os dois veteranos ícones dos games competindo em diversas modalidades, com a participação de vários personagens das duas franquias. A parte chata é que o game conta com versões apenas para Wii U e 3DS, o que tira o mercado brasileiro da distribuição oficial do game, já que a Nintendo encerrou sua representação oficial no Brasil.

A versão realista das Olimpíadas, que teve produções para as edições de Pequim 2008 e Londres 2012, assim como os Jogos de Inverno de Vancouver 2010, não deverá mesmo existir para os jogos Rio 2016, assim como já não ocorreram nos jogos de inverno de Sochi 2014. Uma pena, pois essas edições sempre priorizavam a plataforma PC, o que os tornavam acessíveis em qualquer mercado, independentemente de representações oficiais ou não.

Veteranos olímpicos

Jogos dedicados às modalidades olímpicas chegaram ao mercado praticamente junto com os consoles, com o inesquecível “Decathlon”. O game ficou famoso não por oferecer uma grande variedade de esportes, mas pela tortura que provocava no joystick do lendário Atari 2600. Quem se divertiu com o game lembra que era preciso esfregar a alavanca direcional para os lados rapidamente para que o personagem tivesse força suficiente para realizar cada uma das 10 tarefas: 100 metros livres, salto com barreira, arremesso de peso, 400 metros livres, 110 metros com barreira, arremesso de disco, salto com vara, arremesso de dardo e 1.500 metros.

GAMECOIN - OLIMPIADA 2

No entanto, a medalha no peito sacrificava o joystick a ponto de danificá-lo precocemente. Além do Atari 2600, o game desenvolvido pela Activision, também teve versões para NES, Coleco Vision, Commodore 64 e MSX. Quem quiser conferir o game pode tentar vasculhar o emulador e o arquivo (rom) de “Decathlon” para PC, na web. O lado bom é que nesse caso o teclado não sofrerá com o desempenho do jogador.

GAMECOIN - OLIMPIADA 3

Outro game da velha guarda que fez sucesso no Brasil foi “Track & Field”, desenvolvido para diversas plataformas, mas a mais popular foi lançada para NES. O game da Konami oferece diversas modalidades e exige uma combinação de comandos menos insana que “Decathlon” e também pode ser encontrado em sites de compartilhamentos de arquivos e até mesmo em bancas de usados, na versão física.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.