Review – A truculenta sensibilidade de Left Behind | Gamecoin

GAMECOIN - LEFT BEHIND 3

Marcelo Iglesias

Esse negócio de videogame está ficando cada vez mais sério. Jogabilidade aprimorada, imersão e enredos complexos são elementos tão importantes como gráficos elaborados. E “The Last of Us” reuniu tudo isso em um game brilhante, estendido com o DLCLeft Behind”. A expansão conta um breve momento na trama original, logo após a saída da universidade. Não vou detalhar muito as coisas para não estragar a surpresa de quem não jogou o game original ou ainda não chegou a este ponto da campanha. Quem não concluiu o game original, não deve dar inicio a “Left Behind”.

GAMECOIN - LEFT BEHIND 2

Bom, o que dá para dizer é que Ellie se vê em uma enrascada solitária dentro de um shopping. Durante sua jornada, a garota se lembra de uma aventura parecida com sua melhor amiga Riley. O game é segmentado em cenas do presente, em que a ação é predominante, e suas memórias, em que é explorado a intensa relação das personagens. Trata-se de um jogo de rara sensibilidade.

GAMECOIN - LEFT BEHIND 1

Graficamente, o título segue o mesmo padrão da versão original. Ou seja, não há furos e alguns bugs de composição de imagem de “The Last of Us” foram corrigidos. No entanto, a principal novidade está nas cenas em que gangues sobreviventes e infectados surgem ao mesmo tempo. Nessa hora, o melhor a fazer é provocar o choque entre as duas facções e poupar sangue e munição.

O efêmero Left Behind

Para chegar aos créditos não é preciso mais do que duas horas. Pode parecer pouco, mas os caras da Naughty Dog criaram um fechamento tão perfeito, que não dá nem para reclamar por mais alguns minutos de jogo. A impressão que se tem é que a produtora lançará novas capsulas com fragmentos da história. No entanto, só há mais um pacote para o jogo e é voltado para o modo multiplayer e novos níveis de dificuldade para a carreira solo. Uma pena!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.