Sega anuncia Alien Isolation | Gamecoin

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION (4)

A Sega e a Creative Assembly anunciaram a produção do terceiro game da série Alien, que chegará ao mercado no final do ano. “Alien Isolation” promete redimir o fracasso comercial de “Colonial Marines”, que pecou pelo excesso de bugs e falhas de Inteligência Artificial. O novo título será baseado no primeiro longa-metragem da série, “Alien: O Oitavo Passageiro”, de Ridley Scott, e colocará o jogador em uma ratoeira espacial junto ao monstro babão. Ao contrário dos demais títulos, em que os combates eram ditavam a jogatina, “Isolation” apostará no terror psicólogo, tal qual o filme. A produção terá versões para PC, PS3, PS4, Xbox 360 e Xbox One. Antes de o jogo chegar, Gamecoin preparou um retrospecto dos xenomórfos no mundo dos games. Confira:

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION

Alien (Atari 2600)

Não há muito o que dizer desse título, mas foi o precursor da série nos videogames, publicado em 1982 pela 20th Century Fox Video Games. O jogador assume o papel da tenente Ellen Ripley, que e precisa fugir do gosmento. A falta de recursos técnicos afetou a criação de um cenário mais refinado, que poderia dar mais sentido ao game. Chamá-lo de clone mal feito de “Pac-Man” não seria injusto. Não perca o seu tempo.

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION 00

Aliens (Arcade)

A versão para fliperama, publicada pela Konami, em 1990, tem como pano de fundo o segundo filme da série “Aliens: o Resgate”. Trata-se de um beat’em up, com direito a tiroteios rápidos e diversos xenomórfos. Vale a pena uma garimpada no emulador Mame.

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION (2)

Alien 3 (Mega Drive)

A versão para o console da Sega chegou poucos meses antes da produção para SNES, em 1993, pelas mãos da Probe e distribuído pela Arena. Nesse jogo, o jogador precisa correr pelos corredores da prisão, no planeta Fiorina 161, para salvar os prisioneiros infectados. O game é legal, mesmo que todas as fases tenham basicamente o mesmo objetivo. Convém um comparativo com a versão para Super Nintendo.

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION (6)

Alien 3 (SNES) – sugestão Gamecoin

Impossível voltar ao Mega Drive depois de jogar a versão para Super NES. Além de oferecer gráficos infinitamente superiores, o game tinha um esquema de mundo aberto bastante inovador para a época. O jogador poderia simplesmente perambular pelo complexo penitenciário ou acessar as missões em um terminal de computador, com direito a consulta de planta baixa. Imperdível!

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION (3)

Aliens vs Predator (SNES)

A edição para Super Nintendo foi a precursora do cruzamento das duas criaturas espaciais num mesmo ambiente. Nesse game da Actvision, o jogador escolhe entre duas categorias de predadores, podendo ser um caçador ou guerreiro, com o objetivo de exterminar os xenomórfos que invadiram a Terra. O destaque fica pela variação dos chefes de fase, que eram mutações do xenomórfo original. O jogo tem gráficos legais, com personagens grandões e inimigos maiores ainda, mas peca pela repetitividade. Jogue se não tiver nada melhor para fazer!

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION (7)

Aliens Vs. Predator (Arcade) – sugestão Gamecoin

No rastro de games como “Cadillac Dinossaurs”, “Final Fight” e “The Punisher”, a Capcom resolveu levar a dupla de alienígenas para os fliperamas. Com gráficos impecáveis e um movimentação intensa, o jogador precisa conter uma infestação alienígena. Para isso pode optar por duas classes de predadores, Warrior ou Hunter, uma soldado mulher e um brutamontes, Dutch Shaefer. Um detalhe legal é que a descrição do soldado diz que ele é um cyborg criado para conter os xenomórfos. Mais Schwarzenegger do que isso é impossível! Gamecoin recomenda uma busca em casas de fliper ou baixando a ROM para Mame. Sensacional!

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION (8)

Alien vs Predator (PC, PS3 e X360)

A releitura moderna do encontro dos dois alienígenas ganhou enredo mais encorpado em 2010, quando a Sega e a Rebellion publicaram seu primeiro game com base no universo Alien. O jogo se passa em um planeta relativamente próximo ao LV-426, onde a nave com os primeiros ovos foi encontrada. Com vida nativa, o local era explorado pela Weyland Corporation. E durante a colonização foi encontrado um sítio arqueológico. Ao abrir uma espécie de pirâmide, os aliens são liberados e um sinal é enviado aos predadores, que imediatamente se deslocam para o planeta. Com bons gráficos e combates a intensos, o jogo do peca por ser curto. Destaque para as campanhas na pele dos xenomórfos e também dos predadores. Vale uma garimpada por promoções em sites do varejo.

GAMECOIN - ALIEN ISOLATION (9)

Aliens: Colonial Marines (PC, PS3 e X360)

Ame ou odeie! Essa é a definição para um game que ficou anos em desenvolvimento e chegou ao mercado com falhas graves. As principais reclamações estão nos bugs de Inteligência Artificial e na movimentação capenga, que são irritantes. Além disso, há discordâncias com o roteiro, já que se passa após “Aliens o Resgate”, em que uma explosão nuclear varreu o LV-426. Para quem é fã da série é a oportunidade de reviver as locações do filme de James Cameron, como a própria colônia, além das dependências da U.S.S. Sulaco. Os gráficos estão longe de ser um primor, mesmo sendo desenhados sobre o motor Unreal. Mesmo assim vale a experiência, pois é possível usar todo o armamento dos personagens e matar aliens ouvindo a trilha sonora original.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.