Fim da linha para o Xbox 360

GAMECOIN - X360

Redação GameCoin

A Microsoft anunciou o fim da produção do Xbox 360 em escala global, incluindo o Brasil. O console mais famoso da franquia completou 10 anos de atividade em novembro e foi o precursor da geração passada, chegando ao mercado um ano antes do PS3 e do Wiil. Com mais de 70 milhões de unidades vendidas, o console perdeu fôlego nos últimos dois anos com a chegada da nova geração, incluindo seu sucessor Xbox One, o que acabou impactando na decisão da empresa em encerrar a produção.

Para se ter uma ideia da perda de mercado do Xbox 360, em março as vendas globais somaram 6 mil unidades, segundo o site VG Chartz que monitora o desempenho da indústria de games. Vale ressaltar que os dados coletados pelo site contemplam apenas as vendas nos Estados Unidos, Europa e Japão, contra uma média em torno dos 72 mil unidades mensais até o lançamento do Xbox One em dezembro de 2013.

Ao longo dos seus 10 anos de mercado o Xbox 360 foi responsável pela consolidação de franquias como Halo, Gears of Wars, Forza Motorsport, além de ter sido o primeiro console capaz de reconhecer movimentos corporais sem o uso de joysticks, com o Kinect.

O Xbox 360 também teve percalços em sua trajetória como Red Ring of Death (Anel Vermelho da Morte) que era um sinal visual no botão de acionamento do console. Quando as três luzes vermelhas acendiam era sinal de que algo grave tinha acontecido ao Xbox 360. Frequentemente o problema era relacionado com falhas no sistema de alimentação e componentes de hardware. A Microsoft só conseguiu eliminar o risco em 2009, após extensa revisão no console.

Xbox 360 no Brasil
No Brasil a produção também será interrompida. Segundo a Microsoft ainda há estoques do consoles para abastecer o mercado nos próximos meses, mas a empresa não detalha quantas unidades ainda restam para distribuição.

x360joy

Por aqui o Xbox 360 chegou em 2006. Na época o aparelho tinha preço sugerido de R$ 2.700 e chamava atenção por seu joystick sem fio e outras novidades que o distanciava do PS2, até então principal referência do mercado. O aparelho caiu no gosto do consumidor pela facilidade de destrava, que permitia rodar games pirateados. Tanto que a procura pelo console sempre foi superior à do PS3, que também tinha uma brecha que permitia um recurso complexo de destrava, que exigia games salvos em HDs externos e outras complicações que desestimulavam a procura pelo console da Sony.

Valeu Xbox 360, você irá deixar saudades!

[bws_related_posts]