Assassin’s Creed: Vahalla marca estreia da Ubsoft na nova geração

Marcelo Jabulas | @mjabulas – A Ubisoft acaba de divulgar o trailer de Assassin’s Creed: Vahalla, game que chega no final de 2020 e marca a estreia do estúdio na nova geração de consoles (PS5 e Xbox Series X). o título ainda terá edições para PC, PS4, Xbox One, Google Stadia e também no serviço de assinatura Uplay Plus.

Vahalla, como o nome indica, leva o jogador para uma aventura em terras nórdicas, durante a idade média. Para quem não sabe, Vahalla é a mitológica cidade dos deuses, na cultura nórdica. A história se passa num conflito entre vikings e ingleses, durante o século IX. Trata-se de um período em que a coroa britânica buscava expansão territorial e resolveu partir para cima dos vikings.

Visual

O game promete qualidade gráfica superior ao que foi mostrado em Origins e Odyssey, que já são excelentes. Além disso, deverá manter muito da estrutura de jogabilidade dos últimos, com mapas imensos, muitas missões secundárias, além da mecânica de combate que vem evoluindo desde Origins, quando a Ubi adicionou elementos de For Honor, como comandos de defesa e bloqueios. E claro, o game deve contar com intensas batalhas navais.

Afinal, a Ubisoft Montreal, estúdio a cargo da produção se tornou expert em combates navais desde de Black Flag e também em Odyssey. Além disso, os vikings escreveram seu nome na história, não por serem barbudos com chifres em seus elmos.

Eles foram grandes navegadores e conectaram diferentes partes da Europa. Tanto é que, a tecnologia de conexão Bluetooth tem esse nome devido ao viking Dente Azul, que foi um maiores navegadores daquele período.

Menina ou menino

O jogador poderá mais uma vez optar pelo sexo do personagem, podendo escolher entre homem ou mulher. Trata-se de um recurso politicamente correto, que ajudou a emplacar o título anterior, uma vez que as jogadoras se identificavam com a protagonista.

Além disso, resta saber como é que a Ubi vai encaixar no enredo a sua Ordem dos Assassinos. Durante os incontáveis episódios, a Ordem passeou pelo antigo Egito, foi à Grécia de Leônidas, avançou para Jerusalém, flertou com a Renascença, as grandes navegações e chegou a revolução industrial inglesa.

No final do ano a gente descobrirá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.