Os desafios do minimalista “140”, disponível no Steam

 140

A medida em que as principais produtoras de jogos eletrônicos impõem uma obsessão por gráficos ultrarrealistas e imersão profunda, é bom ver que títulos como “140” – projetado por Jeppe Carlsen, que também esteve envolvido no desenvolvimento do excepcional Limbo – ainda conseguem seu espaço junto ao grande público. Seu mais recente trabalho é a prova viva de que gráficos simples, aliados a uma boa trilha sonora podem realmente ser impactantes, envolventes e principalmente, bater de frente com títulos de peso e franquias já consagradas.

140 é um game rápido, mas intenso

Em suma, o jogo é extremamente curto e seus três níveis a princípio podem não parecer muito atraentes para boa parte dos jogadores da atual geração. Em pouco mais de uma hora é possível atingir o fim da jogatina, mas o real desafio se esconde no modo “Game+”, desbloqueado após o término do curso normal. Desprovido de qualquer linha de história ou personagens carismáticos, “140” prima por jogabilidade precisa, contrabalanceada por erros e acertos que conduzirão alguns jogadores menos preparados a um estado de tensão constante.

Os controles merecem menção à parte. São muito bem ajustados e, apesar de normalmente se manter no velho esquema de seguir em frente e pular para ultrapassar os obstáculos, existem alguns pequenos detalhes que propiciam um ar de novidade ao game.

Se ainda assim o amigo não se convenceu da excelente experiência proposta pelo jogo, talvez a brilhante trilha sonora eletrônica, composta por Jakob Schmid, lhe faça mudar de ideia. As músicas realmente se adequam impecavelmente ao game, criando uma imersão absolutamente fantástica. O título pode ser adquirido através da Steam em versões para PC e Mac pela bagatela de R$ 6,79 até o dia 23 de outubro. Após esta data, “140” voltará ao seu preço normal de R$ 8,49.  “140” é a prova que não é necessário orçamentos milionários e contratação de um exército de atores para se fazer um bom game.

Por Thiago Augusto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.